Terça-feira, 4 de Setembro de 2007

Deixar de fumar...

Estou a deixar o vicío do tabaco, embora ainda não possa dizer que sou não-fumadora, posso pesquisar e perceber o que tenho a ganhar em deixar de fumar. Tem sido mais fácil não fumar do que foi ganhar a coragem para deixar.

Porque tenho amigos, colegas de trabalho, alguns (pouquinhos) familiares fumadores, decidi escrever um post para eles.

Em 1º lugar porque me sinto bem assim; 2º porque gosto muito deles

 

 

Porque devo deixar de fumar?

Em primeiro lugar, por uma questão de saúde. Parar de fumar diminui o risco de morte prematura. Os ex-fumadores vivem em média mais anos do que os fumadores e reduzem o risco de virem a sofrer de uma doença cardiovascular, de cancro ou de doenças respiratórias graves e incapacitantes.

Vale a pena parar de fumar em qualquer idade. Os benefícios são tanto maiores, quanto mais cedo se parar de fumar.

 

Quais são os benefícios de deixar de fumar?

  • Após oito horas, os níveis de monóxido de carbono no organismo baixam e os de oxigénio aumentam;

  • Passadas 72 horas, a capacidade pulmonar aumenta e a respiração torna-se mais fácil;

  • Com cinco anos de abstinência do tabaco, o risco de cancro da boca e do esófago é reduzido para metade;

  • Ao final de dez anos, o risco de cancro do pulmão é já metade do verificado em fumadores, e o de outros cancros diminui consideravelmente.

  • Após 15 anos de abstinência, o risco de doença cardiovascular é igual ao de um não fumador do mesmo sexo e idade.

A aparência renovada, o hálito mais fresco, o travar do envelhecimento precoce e a poupança económica são factores adicionais que podem motivar a tua decisão.

 

 

A face do fumador

Muitos dos fumadores são descritos pelos especialistas como alvo de «um “smoking envelhecimento”, com a dege­ne­ração prematura da pele».
Para além do envelhecimento precoce da pele, devido à falta de oxigenação, «o tabaco também inibe a produção dos fibroblastos, que são importantes porque produzem o colagénio e a elastina. Ma­teriais que existem na derme, que dão textura e elasticidade à pele e impedem a flacidez», explica a dermatologista.
Ora, se as células morrem mais depressa, não há uma renovação. Existe mesmo, do ponto de vista dermatológico, a descrita «face do fumador».

 

Marília Moreira da Fonseca descreve o estado em que fica a pele afectada pelo tabaco:
«As pessoas têm uma tez amarelada, uma pele macilenta e sem brilho. Aproxima-se da pele das pessoas mais velhas.»

Ainda de acordo com a médica, «é típico nas mulheres que fumam surgirem precocemente imensas rugas à volta da região perioral, perpendiculares aos lábios. São pequenas rugas, que ainda não têm a profundeza das das pessoas mais velhas, mas que já começam por volta dos 30 anos».

 

 

Riscos a que está sujeito um fumador:

  • Bronquite crónica

  • Cancro do pulmão

  • Angina de Peito, Enfarte do Miocárdio (Morte Súbita)

 

O Cancro do Pulmão aparece quase exclusivamente em fumadores. Os fumadores de mais de um maço de cigarros por dia têm quatro vezes mais enfartes do miocárdio que os não fumadores e estes, quando têm enfartes, têm-nos dez anos mais tarde que os consumidores de tabaco.

O tabagismo é, sem dúvida, um risco cardíaco, favorecendo o aparecimento da Angina de Peito e do Enfarte do Miocárdio, mas levando também e sobretudo à morte.


 

escrito por ban-tee às 10:19
| a tua palavra | favorito

mais sobre mim

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

a fada passou em:

Dezembro 2012

Outubro 2012

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Outubro 2006

Agosto 2006

Rabiscos

Rodolfo

E porque hoje é dia de ha...

Kefir

Beja na vanguarda das int...

Parabéns Maninha

De volta...

Aventura de Fim de Semana

tags

todas as tags

RSS