Quarta-feira, 16 de Julho de 2008

A vida tal como se nos apresenta

Ao autor destas palavras eu quero agradecer o facto de fazer parte da minha vida, ser a pessoa que é para mim, e desejo que a luz que brilha nos seus olhos nunca se apague, pois é o espelho da sua alma, onde reina uma serenidade indescritível.

 

  

"Apesar da vida ser uma continuidade sem interrupções, ela não é mais do que um somatório de momentos. E existem momentos que nos ficam para sempre: os muito bons e os muito maus.

 

Os muito maus, não precisam de se procurar. Por muito que os queiramos evitar eles procuram-nos, irrompem pela nossa vida. Inevitavelmente tropeçam em nós. E depois de os vivermos, de os enfrentarmos com mais ou menos força e coragem, por mais que os queiramos esquecer, eles teimam em ficar, permanecer na nossa memória. Contra eles pouco podemos fazer. Só temos um caminho. Assumi-los e esquecê-los rapidamente, precisamente… porque "a vida continua".

 

Depois existem os momentos muito bons, aqueles que todos querem viver. Estes quase sempre são fugazes, reflexos no espelho, flashes de tempo nas nossas vidas. Às vezes nem damos por eles. Quando nos apercebemos, já passaram.

 

Apesar de raros, estes são os mais importantes. São eles o cimento da vida, do nosso bem-estar psicológico, do nosso equilíbrio emocional e afectivo. São estes que nos fazem sorrir a partir do pensamento sem razão aparente. Dão-nos força e confiança sobre o futuro. São estes que nos fazem defender que a "vida vale a pena".

 

A minha experiência de vida ensinou-me que a vida só acontece uma única vez, e que os momentos que nos proporciona não se repetem. Podem acontecer muitos e muito parecidos, mas são sempre diferentes. Nunca são os mesmos.

 

Por pudor, preconceito moral ou mesmo por medo e insegurança, já perdi alguns dos presumivelmente momentos muito bons que a vida me ofereceu. Agora, ao olhar o passado, esboço um sorriso, mas um sorriso triste, por aquilo que de bom não fiz por acontecer e que já não vai acontecer. Também por isso, há muito que decidi que não vou mais ignorar a vida e o que ela tiver de bom para me oferecer. Claro que com regras e princípios. Mas não a vou mais deixar passar ao lado, como se nada fosse."

tags:
escrito por ban-tee às 15:34
| a tua palavra | favorito

mais sobre mim

Dezembro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

a fada passou em:

Dezembro 2012

Outubro 2012

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Outubro 2006

Agosto 2006

Rabiscos

Rodolfo

E porque hoje é dia de ha...

Kefir

Beja na vanguarda das int...

Parabéns Maninha

De volta...

Aventura de Fim de Semana

tags

todas as tags

RSS